WhatsApp Image 2022-02-09 at 10.35.27.jpeg
SANDRO
Fundador e Diretor
Campeão Tríplice Coroa
Ano de 2003 - Cruzeiro

Ex jogador de futebol, e representante de atletas de futebol.


Meu nome é Alexsandro Oliveira Duarte, conhecido como ( Sandro ) nasci em uma cidadezinha do interior do Rio Grande do Norte ( Janduís-RN ), mais fui criado em caraúbas-RN , não tive referência de pai, fui muito bem criado por minha Bisavó e meu tio, minha mãe biológica era meio irmã pra mim, foi uma infância muito difícil e muito feliz, tinha o sonho de ser jogador profissional de futebol, sonho meu e do meu tio que ajudou a me criar, a minha vida era o futebol, mesmo na várzea, menino ainda eu respirava futebol. Lutei bastante pra realizar meu sonho, passei por várias dificuldades, mais nunca desisti do meu sonho. Deus me abençoou muito colocando em minha vida pessoas que acreditaram em mim e no meu sonho.

 

Com muita luta cheguei no ABC de Natal, onde comecei minha carreira em 2000, aos 19 anos, sem ter feito base em clube nenhum. Em 2002 o Cruzeiro foi treinar no CT do ABC, eu estava de férias no interior e fui chamado para completar o treino. Como atleta, mesmo antes de ser profissional eu me considerava um atleta, sempre encarei cada treino, cada jogo que fiz, amador ou profíssional, como a oportunidade da minha vida, e naquele treino não foi diferente.
 
Treinei, como se fosse uma final de campeonato e o Cruzeiro me comprou. Fui emprestado ao Criciúma, onde fui campeão da Série B, voltei ao Cruzeiro e fiz parte de uns dos melhores times da história do futebol brasileiro, o Cruzeiro de 2003 tríplice coroa, fiquei no Cruzeiro até 2008, quando sai, segui minha carreira em outros clubes como, Ipatinga-MG, ABC-RN, Ituano-SP, América-RN, Americana-SP, Anapolina, Batofogo-PB, entre outros. Infelizmente tive várias lesões nos joelhos, passei por 11 cirurgias, e em decorrência dessas cirurgias tive que encerrar minha carreira no futebol. Fui muito feliz por onde passei, e agradeço todos os clubes que atuei, e se me perguntassem se eu mudaria alguma coisa na minha carreira, eu falaria que não, não mudaria nada, passaria por tudo novamente sem mudar nada. Apesar de ter tido uma base familiar um pouco diferente, casei cedo, tenho uma filha, construi uma família linda que está comigo desde sempre, em todos os momentos da minha vida.

 

Conquistei amigos...irmãos.... Alguns deles conquistei no futebol. Um desses amigos é o meu sócio, Ehler Pessoa. O Ehler é meu irmão, amigo, um cara que admiro e tenho maior respeito, um cara que sempre me ajudou, que torceu por mim sempre, literalmente, como bom Cruzeirense.

Hoje temos uma empresa, onde trabalhamos como agentes de jogadores de futebol. E estamos na luta desde 2011, ano do início da Sandro e Ehler.

WhatsApp Image 2022-02-09 at 10.34.00.jpeg
EHLER
Fundador e Diretor
Empresário
Intermediário Registrado CBF

Empresário no ramo da Engenharia, e representante de atletas de futebol.


Nasci em Belo Horizonte em 21 de Julho de 1972. Meu pai tinha um amigo e dono da empresa que ele trabalhava que se chamava Ehler, um Alemão, daí o meu nome pois ele acreditava que o nome influencia no perfil da pessoa.


Desde cedo eu trabalhava, meu pai tinha uma condição de vida razoável, entretanto não tínhamos dinheiro na mão e muito menos luxo, tivemos uma vida bem regrada, eu vendi jornal, cinto de pra homem e mulher, boneca de porcelana, doces, fazia mudança como ajudante, capinava lote, engraxava sapato, tudo que pudesse dar dinheiro pra adquirir o que eu tinha vontade. Nunca fui muito bom aluno, mas me formei em técnico em Eletrônica no CEFET-MG e em Engenharia Eletrônica e de Telecomunicações na PUC-MG.


No início de 1995 fundei junto com meu irmão a minha primeira empresa de Engenharia. Após alguns anos comecei a diversificar minha área de atuação abrangendo várias áreas da Engenharia Eletrica, Eletrônica e Mecânica, Engenharia Civil, incorporações imobiliarias e o Futebol.
 
Em 2002, um amigo meu, que trabalhava no Cruzeiro, Nonato, um ex atleta que foi lateral esquerdo do cruzeiro, com uma linda história de títulos, me pediu pra buscar um jogador que o Cruzeiro tinha contratado, esse atleta era o Sandro, hoje meu sócio na empresa de futebol, assim começamos a criar vínculos de amizade e respeito, além de ser um Ídolo pra mim, me proporcionou viver toda a história da Tríplice Coroa do Cruzeiro, incluindo ganhar dele a camisa do título do Brasileiro, as medalhas das 3 conquistas de 2003, entre outras vivências inesquecíveis pra um amante do futebol.


No meio de 2011, Sandro e Léo Silva, jogador de destaque no futebol japonês, me convidaram pra trabalhar como agentes de futebol.